Destaque Da Semana

Emirates Transporta 15,8 Milhões De Passageiros Em 2020

Japonesa ANA Holdings Prevê Redução De 71,3% Nos Lucros De 2019

O grupo que detém a companhia aérea japonesa ANA espera uma redução de 71,3% nos lucros do exercício de 2019, que terminou em 31 de Março, devido ao impacto no setor de aviação da pandemia de Covid-19, anunciou ontem aquela entidade.

Aeronave da ANA no pátio do aeroporto.
A ANA Holdings disse, em comunicado, que espera encerrar o seu ano fiscal de 2019 (findo em 31 de Março) com um lucro líquido de 231 milhões de euros (27 bilhões de ienes), muito abaixo da projeção que tinha feito em Outubro do ano passado.

Aquele montante é também bastante inferior ao apresentado no ano fiscal de 2018, que foi de 946 milhões de euros (110,7 bilhões de ienes).

Como muitas companhias aéreas, a ANA, a maior do Japão em número de passageiros, sofreu o cancelamento de rotas aéreas e restrições impostas por vários países, para conter a propagação da pandemia de Covid-19.

De acordo com a empresa, o maior impacto foi registrado precisamente em Março, o último mês do seu ano fiscal de 2019.

Fonte: PressTur
Imagem: Bing Imagens