Destaque Da Semana

IATA: Tendência Da Demanda De Passageiros Continua Negativa Em Fevereiro




Carnival Corporation Estende Oferta Para Considerar Os Navios Como Hospitais Temporários

A iniciativa utilizaria navios de cruzeiro convertidos para pacientes não-COVID-19 para ajudar a aliviar a pressão em hospitais terrestres e liberar capacidade para atender casos de COVID-19

A Carnival Corporation anunciou nesta semana que selecionou navios de cruzeiro das marcas globais de linhas de cruzeiro da empresa, incluindo Carnival Cruise Line, Holland America Line, Princess Cruises e P&O Cruises Australia que serão disponibilizados às comunidades para uso como hospitais temporários para ajudar a lidar com os crescentes impactos da pandemia de COVID-19 nos sistemas de saúde, em todo o mundo.

Navios da Holland America Line estão inclusos na oferta de hospital temporário.

Com a expectativa de que a disseminação contínua do COVID-19 exerça pressão adicional sobre os serviços de saúde em terra, incluindo uma possível escassez de leitos hospitalares, a Carnival Corporation, e suas marcas, estão pedindo aos governos e autoridades de saúde que considerem o uso de navios de cruzeiro como instalações de saúde temporárias. tratar pacientes não COVID-19, liberando espaço adicional e expandindo a capacidade em hospitais terrestres para tratar casos de COVID-19. Como parte da oferta, as partes interessadas deverão cobrir apenas os custos essenciais das operações do navio enquanto estiverem no porto.

Governos ou autoridades de saúde com interesse podem entrar em contato com Monica Puello por e-mail MPuello@Carnival.com ou por telefone (305) 406-8656.

Se necessário, os navios de cruzeiro podem ser rapidamente provisionados para servir como hospitais com até 1.000 quartos de hospital, que podem tratar pacientes que sofrem de condições menos críticas e não COVID-19. Esses quartos temporários de hospitais de navios de cruzeiro podem ser rapidamente convertidos para instalar e conectar dispositivos remotos de monitoramento de pacientes pela rede de alta velocidade do navio - fornecendo recursos cardíacos, respiratórios, de saturação de oxigênio e de monitoramento de vídeo. Os quartos também possuem banheiros, varandas privadas com acesso ao sol e ao ar fresco, além de recursos de isolamento, conforme necessário.

Além disso, os navios de cruzeiro usados ​​como instalações hospitalares temporárias para tratar pacientes não-COVID-19 teriam a capacidade de fornecer até sete unidades de terapia intensiva (UTI) no centro médico do navio equipado com monitoramento cardíaco central, ventiladores e outros dispositivos médicos importantes, e capacidades. Semelhante às instalações de saúde terrestres, os navios de cruzeiro também podem abrigar várias funções médicas em locais diferentes, usando diferentes Decks no navio para separar cada área médica necessária.

Os navios de cruzeiro hospitalares temporários seriam atracados em um píer próximo à comunidade carente e operados pela tripulação do navio, com todas as operações marítimas, alimentos e bebidas e serviços de limpeza fornecidos pelos tripulantes do navio. Os serviços médicos seriam prestados pela entidade governamental ou hospital responsável por combater a disseminação do COVID-19 dentro dessa comunidade.

Imagem: Google Imagens