Destaque Da Semana

IATA: Tendência Da Demanda De Passageiros Continua Negativa Em Fevereiro




Air France-KLM Faz Todo O Possível Para Repatriar Passageiros

Companhias aéreas trabalham com representantes dos governos para implementar soluções de transporte; Brasil está incluído na lista de países que receberão tais vôos

O Grupo Air France-KLM está fazendo todo o possível para garantir que cidadãos franceses, holandeses, europeus, e de diversas nacionalidades atualmente no exterior possam voltar para casa - onde as equipes das companhias aéreas estão totalmente mobilizadas para esse propósito.


As companhias aéreas estão trabalhando em estreita colaboração com os representantes dos Ministérios de Relações Exteriores e as embaixadas para identificar as necessidades de repatriamento de franceses, holandeses, europeus, e de diversas outras nacionalidades, e para implementar soluções de transporte adicionais em tarifas específicas o mais rápido possível. O Brasil está incluído na lista de países que receberão tais vôos, para todas as suas bases - Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo.

A Air France e a KLM estão trabalhando em conjunto com as autoridades francesas e holandeses, respectivamente, além das internacionais, para adaptar sua programação de vôos em tempo real, de acordo com a situação em evolução e as novas restrições impostas às companhias aéreas por diversas nações. A partir de segunda-feira, 23 de março de 2020, várias operações internacionais, mesmo que consideravelmente reduzidas, serão mantidas para permitir que cidadãos retornem para casa.

A companhias aéreas incentivam e reforçam a todos os seus passageiros a planejar sua viagem de volta sem demora e a modificar sua reserva diretamente nos sites airfrance.com e klm.com, onde todas as medidas de suporte são atualizadas regularmente. Tais tarifas específicas estão disponíveis nos sites airfrance.com e klm.com, aplicativos móveis, Call Center (11 3878-8360 para Air France e 11 3878-8363 para KLM) e agências de viagens.

Em cooperação com os departamentos de Estado na França, a Air France continuará operando a maior parte de sua malha aérea da França continental com partidas de Paris, e da Córsega (em parceria com a Air Corsica) e os departamentos ultramarinos, com o objetivo de garantir um serviço regional que é vital para a economia do país.