Publicidade

Postagem Em Destaque

TUI Reinicia Atividades De Verão Em Toda Europa

Imagem
A temporada de verão 2020 começa em mais e mais países. Todos os operadores turísticos e companhias aéreas da TUI estão prontos para reiniciar seus negócios. Os primeiros vôos de lazer já decolaram, por ex. da Alemanha, Bélgica ou Suíça. As Ilhas Baleares, Grécia, Chipre, Portugal e Croácia estão no foco das primeiras férias.


A TUI aprecia a iniciativa da Comissão Europeia de reabrir as viagens para países fora da UE em breve. É correto e reflete a demanda de muitos turistas em permitir viagens para países fora da UE sempre que possível de maneira segura e responsável, como na Turquia ou Marrocos. As conversas com os respectivos governos dão confiança de que seus protocolos de saúde e segurança atendem aos mais altos padrões da UE. Como um grupo de turismo integrado com suas próprias operadoras de turismo, hotéis e companhias aéreas, a TUI está bem preparada para oferecer férias nesses destinos populares a curto prazo, uma vez que as restrições nacionais de viagens tenham sido levanta…

Publicidade

Accor: América Do Sul Encerra 2019 Com Volume De Negócios De € 1 Bilhão E 26 Novos Hotéis

A empresa na região alcançou crescimento significativo, com uma receita acima de 13%, refletindo um aumento no RevPar de 12,3% like for like. O volume de negócios foi de quase 1 Bilhão de Euros, o que representa 22% a mais comparado a 2018

O ano de 2019 marcou o recorde em número de hotéis abertos pela Accor globalmente. A empresa abriu um hotel por dia - excluindo aquisições - num total de 327 hotéis e 45.108 mil quartos. Hoje, a Accor possui cinco mil hotéis e 740 mil quartos, com crescimento orgânico de 5,1% comparado a 2018. Além disso, a empresa assinou outros 510 contratos de novos hotéis, num recorde inédito de um hotel assinado a cada 16 horas. Com isso, a Accor consolida para os próximos cinco anos mais 1.200 hotéis em pipeline (208 mil quartos).


Na América do Sul não foi diferente. A Accor abriu 26 hotéis na região (3.400 quartos), sendo 20 no Brasil (2.834 quartos) incluindo o primeiro Fairmont da América do Sul, em Copacabana, Rio de Janeiro; um na Argentina, um no Chile, um na Colômbia e dois no Peru. Também foram assinados 18 novos projetos (2.684 quartos), sendo 16 deles no Brasil, um na Colômbia e um na Bolívia, país em que a Accor vai iniciar as operações em 2020 de três novos hotéis: ibis, Novotel e Swissôtel, todos, em Santa Cruz de la Sierra. "Estamos muito contentes em iniciar operações na Bolívia, um país de grandes atrativos turísticos e beleza natural exuberante. Santa Cruz se consolidou como um importante ponto comercial e industrial na região, com uma economia em crescimento e grande oferta turística", explica Patrick Mendes, CEO da Accor América do Sul.

Foi fundamental para os bons resultados do ano as conversões dos hotéis Atton e BHG em marcas Accor como Mercure, MGallery e Pullman, que permitiram à empresa adicionar mais de 18 hotéis reformados (quatro mil quartos) ao seu portfólio nos segmentos midscale, upscale e luxo.

As assinaturas em 2019 representaram 75% de franquias - segmento que a Accor quer ampliar na região. A maioria dos contratos ainda é no Brasil (80%), do segmento econômico (70%), porém a partir de negociações com novos parceiros (75%). "Isso demonstra a confiabilidade da Accor perante o mercado investidor em ser um operador sólido e uma ótima opção de investimento em momento de recuperação econômica", enfatiza Patrick Mendes. "E já anunciamos em primeira mão os dois novos contratos de 2020: Novotel Lençóis Paulista e MGallery Pipa - Natal, que devem inclusive abrir este ano".

2020 é um marco para a Accor, onde lançamos nossa estratégia até 2023. Praticamente duplicaremos nossos números, saindo de 230 hotéis, em 2015, e chegando a 460 abertos até 2021. Nossa meta é chegar a 500 hotéis em operação e 150 em pipeline, em 2023. Em termos de aberturas previstas para 2020, temos 25 hotéis e outras 30 renovações, representando o Brasil 70% desse número e demais países 30%.

A Accor já é líder no Brasil e no Chile, posicionando-se em segundo lugar no Peru e terceiro na Colômbia. "Nossa estratégia é alcançar a liderança em toda região", almeja Patrick. Para atingir a meta, uma das grandes apostas é o novo programa de fidelidade lifestyle lançado, em 2019, o ALL - Accor Live Limitless, que traz um conceito muito mais amplo do que o anterior Le Club AccorHotels. "ALL é a nossa marca para os clientes. Além disso, os membros do ALL, que já são quatro milhões na região e 60 milhões no mundo, terão uma grande oferta de experiências ao longo do ano em gastronomia, entretenimento e esportes, como a parceria com o time de futebol Paris Saint Germain. Cerca de 55% dos clientes que se hospedaram pelo menos uma noite conosco em 2019 já são clientes ALL. Queremos ampliar muito mais esse número nos próximos anos ", comenta Patrick.

Duas outras grandes parcerias vão alavancar ainda mais nosso potencial de distribuição e de novos clientes. "A primeira delas é com a Sabre Corporation, líder em soluções de tecnologia e softwares para o setor global de turismo. Será criada uma plataforma unificada de central de reservas, altamente flexível e nativa na nuvem. A outra é com a Visa, para o desenvolvimento de um cartão de pagamento de marca conjunta, que proporcionará benefícios exclusivos para os nossos associados e reforçará o já bem-sucedido programa de fidelidade ALL ao expandir e impulsionar o engajamento de nossa base de associados, que contarão com incentivos para se hospedarem conosco com mais frequência e facilidade", explica Andre Sena, Chief Digital Officer Accor América do Sul.

Outra forma de ampliar nossa liderança é a diversidade de marcas que a Accor conquistou nos últimos cinco anos, que facilita a escolha do investidor e amplifica as oportunidades de negócios. A empresa possuía 11 marcas globais, em 2015, e em 2020, esse número cresceu para 39 marcas globais de hotéis.

Uma novidade é o segmento de residenciais, que poucos sabem que a Accor é líder também com marcas como Hyde, Mondrian e SLS, que terá o primeiro hotel inaugurado na Argentina ainda no primeiro semestre. "Estamos fazendo vários estudos para trazer o segmento residencial para a América do Sul, onde vemos um potencial enorme de marcas tanto do segmento luxo quanto midscale", afirma Abel Castro, Vice-Presidente de Novos Negócios Accor América do Sul.

"Também em 2020 vamos acelerar significativamente nosso modelo de franquias. Estamos em busca de hotéis de até 150 quartos em cidades secundárias e terciárias para converter em nossas marcas. Visite nosso site http://www.franquiasaccor.com.br", indica Abel. As conversões de hotéis maiores em cidades principais, bem como oportunidades de negócios com resorts e até aquisições, permanecem nos planos da Accor para os próximos três anos.

Importante salientar ainda que o grupo está empenhado em reduzir o uso de materiais plásticos, desde 2018. O primeiro item a ser combatido foi o canudo. Em 2019, foram substituídos por produtos sustentáveis os mexedores/agitadores e cotonetes. Já em 2020, a Accor anunciou seu novo compromisso para combater os plásticos de uso único e tem como objetivo eliminar 100% desses plásticos da experiência do hóspede até 2022. Neste ano, os principais itens a serem substituídos por uma opção mais sustentável são os copos plásticos e os amenities, que deixam de ser disponibilizados individualmente.

Créditos: Google Imagens

Um outro assunto muito importante para a Accor é a emissão de carbono. Em 2015, durante a COP 21, em Paris, a Accor assumiu um compromisso para reduzir a temperatura global em 2°C, juntamente com outras grandes indústrias mundiais. Em 2020, a Accor anunciou a criação do Comitê Global para reforçar a implementação dessa estratégia. Na América do Sul, por meio da iniciativa "Hotéis Zero Carbono", os hotéis Novotel Santiago Providencia, Novotel Las Condes, Pullman Vitacura e Pullman El Bosque foram certificados com o Selo "Carbono Neutral". A redução da pegada de carbono dos quatro hotéis equivale a plantar mais de 19 mil árvores ou retirar 2.400 veículos das ruas. Além disso, o Swissôtel Lima (Peru) se tornou o primeiro e único hotel no Peru a neutralizar sua pegada de carbono. Essa certificação foi concedida pela SGS Peru, uma empresa líder em inspeção, verificação e certificação.

Como empresa inclusiva, a diversidade é um de seus ativos. Na América Latina temos 52% de mulheres em cargos gerenciais, um número que vem crescendo a cada ano. Também tornamos público nosso compromisso com a causa LGBTI+, promovendo o respeito pelo tratamento individual e igualitário com todos os públicos com os quais nos relacionamos. Também celebrou-se um contrato com a ONU para contratar, até 2021, cerca de 150 refugiados venezuelanos para trabalhar em hotéis operados pelo Grupo na Argentina, Brasil, Chile e Colômbia.

Imagem: Google Imagens