Marriott International Nomeia Jim Scholefield Como Novo CIDO

A Marriott International anunciou ontem a nomeação de Jim Scholefield como Chief Information and Digital Officer (CIDO), a partir de 24 de fevereiro. Nessa função, Scholefield será responsável por liderar todos os aspectos da tecnologia da informação e da tecnologia digital da empresa, e estratégias. Scholefield se reportará a Stephanie Linnartz, presidente do grupo de operações de consumo, tecnologia e negócios emergentes.


"Jim desempenhará um papel fundamental na condução de nossos esforços de modernização da tecnologia, à medida que embarcamos em um novo capítulo na jornada tecnológica da empresa para apoiar nosso crescimento futuro, tanto em nosso negócio principal de hospedagem quanto em novos empreendimentos", disse Linnartz. "Jim traz uma experiência incrível para a Marriott, tendo liderado transformações tecnológicas nas principais corporações globais por mais de 30 anos."

Mais recentemente, Scholefield foi Diretor de Informações e Digital da Merck&Co., uma das maiores empresas farmacêuticas do mundo. Ele liderou a tecnologia da informação e a estratégia digital da Merck para aumentar a eficiência, fortalecer a segurança da infraestrutura e apoiar o crescimento da empresa.

Antes da Merck, Scholefield foi diretor de informações da Nike, onde liderou a transformação digital e as melhorias de capacidade de TI da empresa para infraestrutura crítica e cibersegurança de ponta.

Ele também passou cinco anos como diretor de tecnologia da The Coca-Cola Company, liderando a transformação da empresa em tecnologia em nuvem, e ocupou cargos de liderança na The Northern Trust Company e Ford Motor Company. Ele iniciou sua carreira na Procter & Gamble depois de receber seu bacharelado em administração pela Florida State University, e um MBA pelo Georgia Institute of Technology.

Em setembro de 2019, o diretor de informações da Marriott, Bruce Hoffmeister, anunciou sua decisão de se aposentar após 30 anos na Marriott International. Hoffmeister está na empresa até meados de 2020 para ajudar na transição.