Destaque Da Semana

Grupo Ryanair Ultrapassou 150 Milhões De Passageiros Em 2019

O grupo da low cost irlandesa Ryanair, do qual também fazem parte a austríaca Lauda, a polaca Buzz e a Malta Air, atingiu em 2019 o total recorde de 152,4 milhões de passageiros, 12,8 milhões acima do ano de 2018. Os dados divulgados hoje pelo grupo indicam que em média vendeu em 2019 cerca de 96% dos cerca de 159 milhões de lugares de avião que teve no mercado. Ainda assim, o grupo teve cerca de 6,6 milhões de lugares vazios nos seus vôos.


A low cost irlandesa Ryanair, cujos dados de tráfego incluem a Buzz e a Malta Air, foi determinante, com um total recorde de 146,3 milhões de passageiros transportados em 2019, +6,8% ou mais 9,3 milhões que em 2018.

A sua percentagem média de lugares vendidos foi de 96%, algumas décimas acima da média de 2018, o que não impediu um aumento do número de lugares vazios nos seus vôos em cerca de 3,2%, totalizando cerca de 6,3 milhões.

A austríaca Lauda, que o grupo começou a consolidar a partir de Agosto de 2018, teve no ano passado um total de 6,1 milhões de passageiros, com uma média de venda de 94% dos lugares disponíveis.

Os dados do grupo permitem ver um abrandamento do crescimento do primeiro para o segundo semestre, passando de 11,2% ou 7,3 milhões de aumento para 7,4% ou 5,5 milhões, devido principalmente ao abrandamento do crescimento nos meses de Outubro e de Novembro, respectivamente para 5% e para 6%.

Mas já no último mês do ano, os dados do grupo indicam um aumento de passageiros em 9% ou 900 mil, para 11,2 milhões, com 10,7 milhões na low cost irlandesa, que apresentou um aumento em 7% ou cerca de 700 mil, e meio milhão na Lauda, para a qual o grupo indica um aumento em 67% ou cerca de 200 mil.