Destaque Da Semana

Costa Cruzeiros Apresenta O "Protocolo De Segurança Costa"

Aeroporto De Lisboa Tem Maior Aumento De Passageiros Com Ligações Dos EUA Em Outubro

O crescimento do Aeroporto de Lisboa no mês de Outubro, com um aumento de 162,6 mil passageiros (+6,2%), deveu-se em primeiro lugar às ligações com os Estados Unidos, que tiveram mais 30,3 mil passageiros (+30,8%) que há um ano. A segunda origem/destino que mais contribuiu para o crescimento do maior aeroporto português em Outubro foi Espanha, com mais 29,7 mil passageiros (+10,7%), e, seguidamente, Reino Unido, com mais 26,2 mil (+11,9%), Brasil, com mais 18,7 mil (+11,7%), e Irlanda, com mais 17 mil (+53,1%).


Dados do Aeroporto de Lisboa a que o PressTUR teve acesso indicam que ainda assim a França manteve-se na primeira origem/destino de passageiros do Aeroporto de Lisboa, apesar de um decréscimo em 1,6% ou 5,1 mil, com 320,8 mil, seguida por Espanha, com 306,7 mil, doméstico, com 300,7 mil, Alemanha, com 251,4 mil, e Reino Unido, com 247,1 mil.

O Brasil ‘abre’ a segunda metade do Top10 das origens/destinos em Lisboa, com 178,2 mil passageiros nos primeiros dez meses deste ano, seguido por Itália, com 168,3 mil, Estados Unidos, com 128,7 mil, Suíça, com 119,3 mil, e Holanda, com 110,3 mil.

Com aumentos de passageiros estão, além dos vôos de/para Estados Unidos, Espanha, Reino Unido, Brasil e Irlanda, também as ligações com Itália (+9% ou mais 13,9 mil passageiros), Bélgica (+11,3% ou mais 8,5 mil), Áustria (+30,5% ou mais 7,5 mil), Cabo Verde (+18,8% ou mais 6,6 mil) e Suíça (+4,7% ou mais 5,4 mil).

Em quebra estão os vôos domésticos (-5,1% ou menos 16,1 mil), apesar da TAP anunciar crescimento dos seus vôos da ‘ponte aérea’ Lisboa - Porto, Alemanha (-3,8% ou menos 9,8 mil), França (-1,6% ou menos 5,1 mil), Polónia (-10,7% ou menos 2,7 mil) e Holanda (-2% ou menos 2,2 mil).

No Aeroporto do Porto, os vôos com maior aumento de passageiros no mês de Outubro são os que ligam à vizinha Espanha, com uma subida de 40,2 mil (+27,9%), seguindo-se as ligações com a Bélgica, com mais 10,8 mil (+29,1%), com a Alemanha, com mais 10,1 mil (+10,3%), Estados Unidos, com mais 8,9 mil (+160%) e Brasil, com mais 8,8 mil (+124,7%).

Seguiram-se os aumentos nas ligações com o Reino Unido (+9% ou mais 8,3 mil), Itália (+14% ou mais 6,2 mil), Marrocos (+149,2% ou  mais 5,4 mil), Malta (+55,4% ou mais 4,8 mil) e Holanda (+9% ou mais 3,6 mil).

Em queda estiveram essencialmente os vôos domésticos, que tiveram menos 14,5 mil passageiros (-8,2%) que há um ano, seguindo-se as quebras nas ligações com a Suíça (-2,7% ou menos 2,8 mil), Polónia (-20,3% ou menos 2,8 mil), França (-1,1% ou menos 2,5 mil) e Canadá (-7% ou menos 722).

França manteve-se ainda assim a primeira origem/destino de passageiros do Aeroporto do Porto no mês de Outubro, com 233,2 mil, seguida por Espanha, com 184,5 mil, doméstico, com 163,3 mil, Alemanha, com 109 mil, Suíça, com 107,1 mil, Reino Unido, com 101,2 mil, Itália, com 50,5 mil, Bélgica, com 48,2 mil, Holanda, com 43,5 mil, e Luxemburgo, com 29,7 mil.

Fonte: PressTur - Aviação