Destaque Da Semana

Qatar Airways Assina Acordo De Codeshare Com A China Southern Airlines

A Qatar Airways assinou um contrato de codeshare com a China Southern Airlines a partir de janeiro

O acordo é o primeiro passo no fortalecimento da cooperação entre as duas companhias aéreas, desde que a Qatar Airways adquiriu 5% da China Southern Airlines, em dezembro. Este contrato permitirá que os passageiros da China Southern Airlines reservem viagens nos vôos da Qatar Airways entre Guangzhou e Doha, e Pequim e Doha, permitindo conexões com mais de 80 destinos no Oriente Médio, Europa e África.


O executivo-chefe do Qatar Airways Group, Akbar Al Baker, disse: “Em dezembro de 2018, quando anunciamos nosso investimento na China Southern Airlines, observei o potencial significativo de cooperação entre nossas duas companhias aéreas de prestígio."

“Este acordo de compartilhamento de códigos é o primeiro passo natural em trabalharmos juntos e alavancarmos nossos pontos fortes e recursos complementares para trazer benefícios aos clientes de ambas as nossas companhias aéreas."

“A Qatar Airways aguarda com expectativa a oportunidade de aprofundar ainda mais nossa relação de trabalho com esta grande companhia aérea e melhorar ainda mais as oportunidades de viagem para passageiros em todo o mundo.”

A Qatar Airways começou a voar para a China em 2003 com um serviço de Doha a Xangai - onde atualmente, a companhia aérea opera 45 vôos semanais para 7 gateways da Grande China: Xangai, Pequim, Guangzhou, Hangzhou, Chongqing, Chengdu e Hong Kong.

O vice-presidente sênior de relações internacionais e corporativas da China Southern Airlines, Wu Guoxiang, acrescentou: “Estamos muito satisfeitos por ter a Qatar Airways como nosso parceiro de compartilhamento de código."

“Através do eficiente Aeroporto Internacional Hamad, com seu serviço de primeira classe, os passageiros da China Southern Airlines poderão desfrutar do agradável serviço a Doha."

"Esperamos ansiosamente aprimorar nossa cooperação no futuro e trabalhar juntos para trazer mais benefícios aos nossos passageiros."


Comentários