Destaque Da Semana

IATA: Tráfego Aéreo Com Arranque Lento Na Época Alta

No passado mês de Julho registrou-se um abrandamento do crescimento do tráfego aéreo mundial, com uma subida de 3,6% comparada com o crescimento de 5,1% registado em Junho

Os resultados globais do tráfego aéreo, publicados pela Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA), mostram que em Julho a capacidade cresceu em 3,2% e a taxa de ocupação fixou-se nos 85,7%, um crescimento de 0,3 pontos percentuais que registam um recorde neste indicador para qualquer mês.


“O desempenho de Julho marcou um começo suave para a época alta”, considera Alexandre de Juniac, diretor-geral e CEO da IATA, que acrescenta que “as tarifas, as guerras comerciais e a incerteza do Brexit contribuem para uma comportamento de procura mais fraco do que vimos em 2018”.

Nos vôos internacionais, o tráfego aéreo cresceu 2,7%, comparando com Julho de 2018, um abrandamento relativo ao crescimento de 5,3% registado em Junho. A capacidade cresceu 2,4% e a taxa de ocupação 0,2 pontos percentuais, para os 85,3%. Todas as regiões mostraram crescimento em Junho, lideradas pela América Latina.

As companhias aéreas europeias registaram a modesta subida de 3,3% no tráfego aéreo (+5,6% em Junho), apresentando a taxa de crescimento mais lenta desde meados de 2016. Ainda assim a taxa de ocupação fixou-se no 89% (+0,1 p.p.), a mais alta entre as regiões, com a capacidade a mostrar um crescimento de 3,2%.

Imagens: Google Imagens

Comentários