Escolas Do Turismo De Portugal Distinguidas Pela Ética Empresarial

As mais de duas mil ações de responsabilidade social desenvolvidas em 2018 pelas 12 Escolas do Turismo de Portugal, que beneficiaram mais de 81 entidades nacionais, levaram a Associação Portuguesa de Ética Empresarial a distinguir o projeto formativo do TP (Turismo de Portugal).


O projeto “Uma Educação para a Responsabilidade” foi distinguido com o Prémio de Reconhecimento de Práticas em Responsabilidade Social e Sustentabilidade. Alinhado com os objetivos do desenvolvimento sustentável da ONU, o trabalho desenvolvido tem-se pautado por contribuir para a preservação do ambiente, o combate a situações de carências e desigualdades sociais, o apoio à melhoria das condições de vida dos beneficiários das ações e a preocupação com a consciencialização, o esclarecimento e a sensibilização escolar para estas temáticas.

O número de projetos realizados, a quantidade de entidades apoiadas, a crescente colaboração de entidades parceiras, os colaboradores e o impacto social e ambiental dos mesmos, comprovam que as Escolas do Turismo de Portugal contribuem para formar futuros recursos humanos do setor, mas também cidadãos com consciência social, ambiental e coletiva, capazes de contribuir para um melhor turismo, e uma melhor sociedade.

“Educar para a responsabilidade é um compromisso assumido pelo Turismo de Portugal e incorporado na nossa missão”, atesta Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal. “A Estratégia Turismo 2027 consagra a importância de liderar o turismo do futuro, afirmando Portugal como um destino sustentável, com políticas que valorizam a formação e os profissionais do setor. A concretização desta estratégia tem vindo a ser realizada em diversos eixos, nomeadamente por via da formação dos alunos das Escolas do Turismo de Portugal”, explica.

O presidente do Turismo de Portugal avança que “no ano letivo 2019-2020, preparamo-nos para receber dois mil novos alunos nas nossas escolas, que serão os líderes do turismo do futuro. Aliás, face à crescente procura por parte de alunos e empresas do setor, iremos reforçar o número de vagas em algumas escolas, e determinados cursos”.