Destaque Da Semana

Fosun Vai Injetar Quase € 500 Milhões Na Thomas Cook

O grupo chinês Fosun vai injectar £450 milhões (€ 497 milhões ao câmbio de hoje) na Thomas Cook, ficando com 75% da área de operação turística e 25% da companhia aérea

O acordo divulgado pela Thomas Cook, que deverá estar concluído no início de Outubro, também prevê que os principais bancos e detentores de títulos depositarão a mesma quantia em dinheiro para as partes opostas do negócio, ou seja, contribuindo com mais € 497 milhões para 75% da companhia aérea e até 25% dos negócios de operação turística.


O plano, sujeito a aprovações, resultará numa diluição significativa dos interesses dos accionistas, segundo avançou a Thomas Cook, indicando que o acordo de resgate foi a melhor maneira de garantir o futuro do grupo para todos os interessados.

Em comunicado, a empresa avançou que, num anúncio feito em 12 de Julho, comunicou aos acionistas que poderiam “ter a oportunidade de participar na recapitalização por meio de investimento ao lado da Fosun, e converter credores seniores em termos a ser acordados”.

“O Conselho de Administração continua a proceder com base no fato de que uma recapitalização, alcançada com o apoio dos acionistas, é o meio preferido de garantir o futuro do Grupo para todos os seus stakeholders (incluindo clientes, fornecedores e funcionários), enquanto permite simultaneamente que acionistas atuais continuem a manter um investimento na empresa”, salienta esse comunicado.

“No entanto, espera-se que a recapitalização resulte numa diluição significativa dos interesses dos acionistas atuais na companhia aérea do grupo, recapitalizada e reorganizada, sujeita a feedback dos credores, dos novos fornecedores de dinheiro, e de outras partes interessadas”, conclui a nota de imprensa.

Fonte: PressTur

Comentários