Publicidade

Postagem Em Destaque

TUI Reinicia Atividades De Verão Em Toda Europa

Imagem
A temporada de verão 2020 começa em mais e mais países. Todos os operadores turísticos e companhias aéreas da TUI estão prontos para reiniciar seus negócios. Os primeiros vôos de lazer já decolaram, por ex. da Alemanha, Bélgica ou Suíça. As Ilhas Baleares, Grécia, Chipre, Portugal e Croácia estão no foco das primeiras férias.


A TUI aprecia a iniciativa da Comissão Europeia de reabrir as viagens para países fora da UE em breve. É correto e reflete a demanda de muitos turistas em permitir viagens para países fora da UE sempre que possível de maneira segura e responsável, como na Turquia ou Marrocos. As conversas com os respectivos governos dão confiança de que seus protocolos de saúde e segurança atendem aos mais altos padrões da UE. Como um grupo de turismo integrado com suas próprias operadoras de turismo, hotéis e companhias aéreas, a TUI está bem preparada para oferecer férias nesses destinos populares a curto prazo, uma vez que as restrições nacionais de viagens tenham sido levanta…

Publicidade

Azul Cresce 31% Em Receita E Alcança R$ 2,6 Bilhões No 2T19

A Azul registrou receita de R$ 2,6 bilhões no segundo trimestre de 2019, cifra que representa 31% de aumento em relação ao segundo trimestre de 2018. O resultado operacional (lucro antes dos juros e tributos) foi de R$ 339,9 milhões, uma alta de 69,9% no mesmo período comparativo. O lucro líquido totalizou R$ 345,5 milhões, superando um prejuízo líquido de R$ 791,4 milhões de abril a junho de 2018.


O número de passageiros transportados (RPKs) aumentou em 21,3%, frente a um crescimento de 15,5% na capacidade, o que resultou em uma taxa de ocupação de 84,1%, quatro pontos percentuais maior que o apresentado no 2T18.

Mesmo com o crescimento de dois dígitos na capacidade, a receita operacional por assentos-quilômetro oferecidos (RASK) e a receita de passageiros por assentos-quilômetros oferecidos (PRASK) aumentaram em 13,6% e 13,0% na comparação anual, respectivamente.

Houve aumento de 0,9% no CASK (custo operacional dividido pelo total de assentos-quilômetro oferecidos), número influenciado pelas condições de câmbio e combustível. No final do 2T19, a liquidez total foi de R$ 4,2 bilhões, um aumento de R$ 371,1 milhões, representando 42% da receita dos últimos doze meses. A Azul também gerou R$ 386,9 milhões de caixa livre durante o trimestre.

A frota operacional da Azul totalizou 130 aeronaves, incluindo 29 aeronaves de nova geração, que representaram 39% da capacidade total. Já o programa de fidelidade Tudo Azul apresentou crescimento de 31% no seu faturamento e a receita da Azul Cargo cresceu 47%.

Comentários