Agências De Viagem Aproximam-Se De Seus Clientes Graças Às Redes Sociais

Facebook, Twitter ou Instagram permitem que o profissional saiba mais sobre os gostos do viajante

O turismo é um dos principais tópicos no Instagram, Facebook ou Twitter, que permite ao profissional estar mais próximo do cliente, interagir mais diretamente e conhecer seus gostos. Além disso, 85,5% dos usuários da Internet (mais de 25 milhões de usuários na Espanha) com idades entre 16 e 65 anos usam redes sociais, e 55% declaram ter procurado informações sobre produtos e serviços neles, de acordo com estudo do  World Travel and Tourism Council  (WTTC).


Fotografias, comentários e impressões sobre os destinos que os turistas visitam são alguns dos fatores que mais impactam as redes sociais citadas e, além disso, esse mesmo estudo revela que 75% dos usuários dessas plataformas compartilham suas férias delas. É por isso que o Facebook, Twitter ou Instagram, entre outros, são tão importantes no setor de turismo, e é essencial que todos os tipos de agências estejam presentes neles.


O Mais Usado, O Facebook

Cerca de 2,2 bilhões de usuários usam o Facebook para acompanhar tudo relacionado a viagens, de acordo com o estudo Digital in 2019 - Relatório Digital Global de Nós Somos Sociais. Além disso, é o mais usado para comentar, reclamar ou solicitar informações. Um cliente sem resposta pode gerar uma classificação negativa entre milhares de seguidores. Portanto, é essencial que as empresas priorizem o atendimento ao consumidor por meio de redes sociais, e principalmente, via Facebook.

A chave para ter constância nas publicações é escrevê-las de maneira natural. Esta aplicação permite-lhe promover o que uma agência oferece, e até alcançar um público que nem sequer é cliente do meio.


Twitter, O Segundo Mais Forte

Quase 326 milhões de usuários optam pelo Twitter, outra das redes sociais mais fortes do mundo. É uma das mais imediatas, mas tem sua própria linguagem, e é essencial que a agência se adapte a ela.

O Twitter precisa de tempo, é um aplicativo escravo, e três dias sem publicação podem produzir o 'unfollow' de mais de um usuário. Então, nos finais de semana, a conta também deve estar ativa - onde além disso, graças às famosas hashtags, novas audiências podem ser alcançadas, o que seria mais difícil de conseguir com o marketing tradicional.


Instagram Perto De Bater O Facebook

Desde que o Facebook adquiriu o Instagram em 2012, os mais de 1 bilhão de seguidores deste último continuam a crescer sem parar, e a situação sugere que, ao longo de 2019, ele atingirá os números do Facebook, e se tornará uma dura concorrência.

O Instagram é a rede social de fotografia por excelência, portanto, esse meio é uma grande ajuda quando se trata de mostrar os lugares que a empresa oferece ou os destinos onde ela pode chegar. A criatividade e a qualidade, das fotos, são essenciais para dar uma impressão agradável àquela do outro lado da tela.


YouTube E Pinterest, Outras Redes Sociais Proeminentes

O visual sempre atrai e ajuda o cliente a decidir o que ele quer. E é por isso que o YouTube é essencial para enviar vídeos e mostrar o que uma empresa oferece.

Essa ferramenta estabelece um diálogo comunicativo entre pessoas reais (normalmente os próprios gerentes ou porta-vozes da empresa) que incentivam e motivam clientes em potencial, por meio de recomendações e respostas a perguntas de usuários reais, para visitar um destino específico.

"O link gerado por conhecer os rostos que representam a empresa e os diálogos que são criados nos comentários dos vídeos gera uma fidelidade rápida", afirma a escola de turismo Ostelea, em nota.

Outra ferramenta que pode ajudar a impulsionar as ofertas de uma agência é o Pinterest. É essencial para a categoria de “férias e eventos”.

Para fazer uso adequado desta rede é necessário encontrar a melhor maneira de mostrar o que a empresa oferece e de que forma, mas traduzida em imagens. Fazer o upload de uma foto junto com o URL correspondente dando profissionalismo à página.


Comentários