Destaque Da Semana

Iberia Reduz Estrutura Para Enfrentar Crise De Covid-19

Turismo De Negócios É Impulsionado Com Eventos No Expominas

Os eventos, feiras, exposições e congressos de diversos segmentos na capital mineira estão impulsionando os negócios e impactando diretamente a economia, principalmente, para o setor hoteleiro. Para se ter ideia, o Expominas e o Parque da Gameleira recebem eventos com grande potencial de negócios e networking, reunindo empreendedores e comerciantes na 29ª Expocachaça e 13ª BrasilBier, que acontece nesta semana; no MegaLeite e na Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador, eventos que geram oportunidades para o mercado hoteleiro, e para toda a cadeia de fornecedores do trade.


Para o diretor do hotel Intercity BH Expo, Rodrigo Cançado, os próximos eventos alavancam um crescimento considerável na ocupação dos quartos e, consequentemente da receita gerada. “A expectativa é de aumentar em 15% do faturamento com esses eventos”, destaca. O Intercity, que está comemorando três anos, obteve crescimento de 10% no faturamento nos três primeiros meses de 2019, em comparação com o último ano.

Para a Expocachaça, o hotel já conta com uma ocupação de 80% e a expectativa é de atingir 100%. O Intercity BH Expo foi escolhido para ser o hotel oficial da 29ª Expocachaça e 13ª BrasilBier, do MegaLeite e da Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador, eventos que acontecem no Expominas e no Parque da Gameleira, conceituados espaços de eventos da América Latina. Para atrair mais clientes e oferecer o máximo de comodidade aos hóspedes, o hotel está disponibilizando transporte exclusivo para hotel-evento e evento-hotel a cada 40 minutos para a feira de destilados e cervejas artesanais. “Investimos nesse serviço sem custo adicional ao cliente para agregar valor ao pacote e para que o cliente sinta a exclusividade dos serviços. Além disso, a proposta é que a experiência de quem vem de fora para BH seja extraordinária. Um hotel tem o poder de representar toda a experiência positiva ou negativa de um hóspede em uma cidade, em alguns casos; portanto, é fundamental que a experiência do cliente seja boa porque o conceito da experiência na cidade também é elevado como um todo”, diz.

Para a Expocachaça, os hóspedes poderão embarcar no amplo estacionamento localizado na entrada do hotel, que é o único da cidade que pode receber até cinco ônibus ao mesmo tempo, o que confere segurança sem obstruir o trânsito. O espaço também pode abrigar três ônibus de viagens e até 15 vans ao mesmo tempo. “Estamos trabalhando para proporcionar a maior qualidade e isso traz conforto para nossos hóspedes e uma experiência positiva na cidade”, afirma Rodrigo.

A expectativa do hotel é de incrementar negócios da ordem de R$ 150 mil reais com os próximos eventos que geram fluxo nas hospedagens e também contribuem para fortalecer o relacionamento do hotel com públicos de interesse, revela Rodrigo.Com essas parcerias, o hotel se consolida como a melhor opção para esse tipo de evento, principalmente pela sua localização e, claro, infraestrutura - onde no último ano, o fluxo de hóspedes no período da Expocachaça, por exemplo, aumentou em 30%, e neste ano a expectativa é que o público cresça ainda mais”, destaca.


Aposta No Conceito De Coworking

O Intercity vem se destacando pelo investimento em turismo de negócios, criando uma infraestrutura focada em segurança, conforto e profissionalismo para que seus hóspedes desenvolvam networking e parcerias com outros executivos. “Entendemos as necessidades do turista de negócios, o que ele precisa e como ele precisa, e isso é de extrema importância para uma experiência positiva entre o hóspede e o hotel”, complementa Rodrigo. Com 80% do seu público corporativo oriundo principalmente de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e interior de Minas, a inciativa em implementar soluções estratégicas para melhorar o atendimento e infraestrutura está alinhada com diversas melhorias que vêm sendo realizadas com o investimento de R$ 2,7 milhões em 2019.

Alinhado com essa tendência, o hotel inaugurou, recentemente, um espaço de coworking com cafeteria, o Work Point, um escritório compartilhado com sofás, uma grande mesa comunitária, wi-fi, tomadas elétricas e jogos de tabuleiro, e cartas. Tendência no mercado mundial, o espaço também funciona como bar, criando um ambiente descolado e sofisticado para reuniões de negócios.

Para os interessados em utilizar a “mesa reserva”, localizada no espaço de coworking, o hotel disponibiliza combos que podem ser contratados na recepção. O “Basic” oferece o espaço por duas horas, um litro de café e água em jarra, a R$ 60. No “Deluxe Plus”, por sua vez, o usuário utiliza o Work Point por oito horas (manhã e tarde), com um litro de café, 10 pães de queijo, água em jarra e lascas de brownie nos dois períodos, por R$ 270. A hora adicional sai por R$ 30 e os itens do cardápio são adquiridos separadamente.

Fonte: Diário do Turismo

Comentários