Destaque Da Semana

IAG Relata Prejuízo Operacional De € 1,3 Bilhão No 4º Trimestre

Qatar Airways Anuncia Expanção Da Parceria Com A Royal Air Maroc

A Qatar Airways lançará vôos para Rabat, no Marrocos, no dia 29 de maio

Os serviços para a capital marroquina serão servidos por um Boeing 787 três vezes por semana, e além disso, a transportadora revelou que seu acordo comercial conjunto com a Royal Air Maroc será expandido para atender à crescente demanda dos consumidores por vôos para o Marrocos. Além de lançar Rabat via Marrakech, a Qatar Airways também oferecerá vôos diários para Casablanca, proporcionando conectividade ininterrupta para os passageiros que desejam explorar as muitas cidades vibrantes do país.


O presidente-executivo do Qatar Airways Group, Akbar Al Baker, disse: “Estamos muito satisfeitos em anunciar o lançamento de serviços para Rabat. O Marrocos é um destino tremendamente popular entre os nossos passageiros, e estamos muito satisfeitos em lançar este novo portal, além de aumentar nossa presença no país expandindo nosso acordo comercial conjunto com a Royal Air Maroc."

“Nossa expansão no Marrocos demonstra nosso compromisso com a região, que começou em 2002."

“Nossa parceria com a Royal Air Maroc também fornecerá aos nossos passageiros acesso a sua ampla rede na África do Norte e no Oeste, enquanto permite que os passageiros da Royal Air Maroc aproveitem a conectividade da extensa rede global da Qatar Airways em seis continentes.”

A Qatar Airways opera atualmente cinco vôos semanais de Doha a Marrakech via Casablanca em um Boeing 777, além de dois vôos semanais diretos de Doha para Casablanca. A parceira de contrato comercial da transportadora, Royal Air Maroc, oferece cinco vôos semanais de Casablanca a Doha.

Os visitantes do Marrocos podem desfrutar de uma ampla variedade de atividades, desde a exploração de jardins exuberantes até a compra de artesanato, tecidos e joias em seus muitos souqs tradicionais.

Os viajantes também podem desfrutar de arquitetura moderna, tendo como pano de fundo séculos de história e cultura.


Comentários