Destaque Da Semana

Iberia Reduz Estrutura Para Enfrentar Crise De Covid-19

Egito Quer Atrair 20% Mais Turistas Brasileiros Este Ano

País trouxe 23 agências à feira de turismo WTM - Latam, em São Paulo. Houve também estandes do Marrocos e Emirados

O Egito teve ampla participação na feira de viagens e turismo WTM Latin America 2019, que teve seu último dia nesta quinta-feira (04) no Expo Center Norte, em São Paulo. Marcaram presença na mostra 23 agências de turismo egípcias, sendo que 18 delas expuseram no estande organizado pelo Conselho de Promoção do Turismo Egípcio - onde em 2018, o número de brasileiros que visitaram o país árabe ultrapassou 22 mil, de acordo com o diretor da unidade da América Latina do Conselho Egípcio, Mohamed Mohsen Ismael. “Nós temos a expectativa de que para este ano o número cresça até 20%”, afirmou Ismael em entrevista à ANBA, ao lado da diretora assistente da unidade da América Latina, Hend Radwan, e do o cônsul comercial do Egito em São Paulo, Mohamed Elkhatib.


O país promoveu diversas atrações turísticas, como as religiosas e históricas. “Os monumentos turísticos ligados às civilizações romanas, por exemplo, você encontra em mais de um país. Mas a nossa, a civilização faraônica, é apenas no Egito”, pontuou Ismael. Uma das atividades que vem se destacando entre os brasileiros, segundo o diretor, é a procura pelo destino para a lua de mel. Neste caso, os pacotes variam entre cinco e dez dias de estadia.

Para promover o Marrocos, a empresa Morocco Private Travel também expôs no evento. A companhia busca abrir mercado entre os brasileiros. “Ainda não trabalhamos com parceiros no Brasil e é justamente para isso que estamos aqui. Conhecemos muitas pessoas e posso dizer que dois contatos foram mais firmes”, revelou Amal Moukhilisse, CEO e fundadora da empresa.

A executiva esperar atrair interesse para o turismo familiar. “No Marrocos, os brasileiros podem fazer de tudo, conhecer história, arquitetura, cidades mais conhecidas como Casablanca, Marrakech e Rabat, e tantas outras”, prosseguiu Moukhilisse.

A feira contou com espaços para diversas regiões do mundo, incluindo o Oriente Médio e África - na qual entre as empresas árabes no evento, além das que estavam no estande do Conselho Egípcio e da marroquina, estiveram as egípcias Corsini, Egypt e 7000 Travel, Fayed Travel e a Splendid Travel & Tourism, que tem sede em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e no Cairo, Egito.


Comentários