Destaque Da Semana

Iberia Reduz Estrutura Para Enfrentar Crise De Covid-19

Aigle Azur Aumenta Operação Para O Brasil E Lança Nova Rota Para Kiev

A Aigle Azur vai passar a contar com cinco vôos por semana entre Paris-Orly e São Paulo-Campinas, no Brasil, a partir de 1 de abril, reforço que é uma das principais novidades anunciadas pela companhia aérea francesa para o próximo verão IATA, a par da nova rota para Kiev, na Ucrânia.


Segundo um comunicado enviado à imprensa, a Aigle Azur vai aumentar de quatro para cinco vôos por semana o número de ligações a São Paulo, decisão que a companhia aérea justifica com o “sucesso” que esta rota tem conhecido desde a inauguração, a 5 de julho de 2018.

Além de São Paulo, a Aigle Azur volta também a apostar na Europa, com o lançamento de uma nova rota para Kiev-Boryspil, na Ucrânia, operação que vai decorrer em parceria com a TAP e cujos vôos começam a operar a partir de 18 de abril, com três ligações por semana.

A Aigle Azur anunciou ainda a otimização dos seus vôos para Pequim, na China, a partir de maio de 2019, decisão que a companhia aérea justifica “com o intuito de melhorar as ligações da rede do seu parceiro Hainan Airlines”.

“A Aigle Azur pretende continuar a operar os seus três vôos semanais entre Paris-Orly e Pequim mas com novos horários que serão comunicados assim que possível. A companhia pretende reforçar a sua parceria com a Hainan de modo a obter melhores conexões com as principais cidades chinesas, Shangai, Canton, Kunming, Wuhan, Wenzhou, Haikou e Fuzhou”, lê-se no comunicado.

Os novos horários para Pequim vão também possibilitar “um maior número de ligações de e para Portugal com os vôos da Aigle Azur mas também da TAP, à partida de aeroporto de Paris-Orly”, com a companhia referindo-se que, até final de março, a operação se mantém como até aqui, sendo, depois, suspensa por algumas semanas, para ser retomada em maio, com três vôos por semana.

Na China, a Aigle Azur vai também, no contexto do reforço da colaboração com a Hainan Airlines, aplicar a sua bandeira a todos os vôos operados pelo parceiro à partida de Paris e com destino a Shenzhen e Chongqing - onde a rota para Bamako, no Mali, também vai ser reforçada, passando de três para quatro ligações semanais a partir de junho, numa operação realizada em parceria com a Corsair, em aviões A330.

Junto a estas novidades, há também a rota Marselha/Moscovo-Demodedovo, que passa a contar com mais dois vôos por semana, que se juntam aos quatro já existentes, devido à operação do parceiro S7 Airlines.

Fonte: Publituris - Transportes

Comentários